Nego D'Água

Quinta, 01 Fevereiro 2018 09:11 Escrito por 
Avalie este item
(1 Voto)

nego010218001A lenda do Nego D'Água não é contada apenas no entorno das águas do Rio São Francisco. Ao contrário, ela existe também em outras regiões ribeirinhas do Brasil, como é o caso do rio Tocantins e outras no sudeste, sul e centro-oeste.

O Rio São Francisco, em particular, abriga, em Juazeiro (BA), uma estátua em homenagem a este personagem que faz parte da cultura regional e é também conhecido como Caboclo D'Água em outros lugares.

Reza a lenda que o Nego D'Água é um personagem que habita o rio e aparece para pescadores e frequentadores. O seu aspecto físico é o de um negro, careca, com pele escamosa, mãos e pés de pato com garras afiadas, membranas entre os dedos, orelhas pontudas e perfil atlético. Em síntese, um híbrido entre um ser humano e algum tipo de anfíbio.

Bem-humorado e perverso, ele habita o rio, de onde raramente se ausenta, e se diverte assustando pescadores e pregando peças em crianças e incautos. Segundo a lenda de origem desconhecida, ele chega a derrubar a canoa dos pescadores que se recusam a lhe fornecer peixe, fumo e/ou cachaça. Além disso, ele também gosta de quebrar linhas e anzóis, furar redes de pesca e assustar as pessoas. Por causa disso, muitos pescadores, ainda hoje, jogam uma garrafa de cachaça nas águas como forma de aplacar a ira do Nego D'Água e evitar que ele lhe cause problemas. Há, também, quem afirme já tê-lo visto.

A estátua do Nego D'Água de Juazeiro é uma obra do artista Ledo Ivo Gomes de Oliveira. Com mais de 12 metros de altura, ela se apresenta imponente e vigilante sobre as cidades de Juazeiro (BA) e Petrolina (PE). Feito de cimento e ferro, ela foi idealizada em 1999 e colocada nas águas do rio em 2003. Naquela época, ela ficava literalmente rodeada pela água do rio e descansando sobre o leito do mesmo. Com a diminuição no nível do rio, nos anos posteriores, a estátua pode hoje ser alcançada por terra a partir da comunidade de pescadores do Angari em Juazeiro.

Considerado um protetor das águas por alguns, e um tormento das águas por outros, o fato é que ninguém quer encontrar com o Nego D'Água. Mas se um dia você estiver navegando pelo Velho Chico e escutar gargalhadas altas e estridentes sem origem definida, procure logo a sua oferenda antes que a próxima vítima seja você e o seu barco.

Informações adicionais

  • Estado: Bahia
  • Cidade: Juazeiro
  • Cultura: Lendas, Tradições
  • Turismo: Atrações Urbanas
Lido 100 vezes

Filtros

    • Alagoas (5)
    • Bahia (54)
    • Ceará (1)
    • Pernambuco (50)
    • Piauí (3)
    Close 
    • Afrânio (2)
    • Belém de São Francisco (1)
    • Bodocó (1)
    • Buíque (1)
    • Cabrobó (1)
    • Cachoeira (1)
    • Campo Formoso (2)
    • Canudos (1)
    • Caracol (1)
    • Casa Nova (4)
    • Crato (1)
    • Curaçá (4)
    • Exú (1)
    • Floresta (1)
    • Jacobina (2)
    • Juazeiro (21)
    • Lagoa Grande (1)
    • Maragogipe (1)
    • Miguel Calmon (1)
    • Morro do Chapéu (5)
    • Orocó (1)
    • Parnamirim (1)
    • Paulo Afonso (1)
    • Petrolina (25)
    • Pindobaçú (3)
    • Piranhas (5)
    • Remanso (1)
    • Santa Maria da Boa Vista (2)
    • Saúde (1)
    • Senhor do Bonfim (1)
    • Serrita (1)
    • Sobradinho (4)
    • São José do Belmonte (1)
    • São Raimundo Nonato (2)
    • Triunfo (9)
    • Uauá (1)
    • Venturosa (1)
    Close 
    • Artesanato (19)
    • Fé (35)
    • Lendas (14)
    • Museus (30)
    • Música (24)
    • Tradições (69)
    Close 
    • Atrações Urbanas (49)
    • Ecoturismo (82)
    • Enoturismo (6)
    • Gastronomia (26)
    • Vida Noturna (18)
    Close 
    • Close