Cavalgada à Pedra do Reino

Quarta, 01 Abril 2015 22:38 Escrito por 
Avalie este item
(3 votos)

pedr010415001Em pleno período da escravatura, a promessa de os feios ressuscitarem bonitos, os pobres ricos e os negros brancos, atraiu uma legião de seguidores que achavam que, através do sacrifício humano, poderiam trazer de volta à vida o rei Sebastião de Portugal. Agrupados no movimento conhecido como Sebastianista, parte deles se estabeleceu em São José do Belmonte (PE) entre os anos de 1836 e 1838. Junte-se a isso chás alucinógenos e histórias de traição e aí estão os ingredientes de uma história que não fica nada a dever aos filmes ou livros mais criativos e assustadores. 

São José do Belmonte (PE), distante cerca de 330 Km de Petrolina (PE), entre Salgueiro (PE) e Serra Talhada (PE), organiza todos os anos, no último final de semana de maio, uma série de eventos que acontecem no centro e na zona rural, os quais tem como inspiração o romance "A Pedra do Reino", de Ariano Suassuna, e que buscam reviver a tradição medieval ambientada no cenário sertanejo, na linha do movimento Armorial - iniciativa artística que tinha como principal objetivo criar uma arte erudita a partir de elementos da cultura popular do Nordeste brasileiro. A festa é composta por diversos momentos, entre os quais os mais importantes são uma Cavalhada na tarde do sábado e a cavalgada na madrugada/manhã do domingo.

Entre as principais atrações, não se pode deixar de ver a apresentação dos ruidosos bacamarteiros, devidamente trajados, que se apresentam na praça principal, em frente à igreja, na tarde do sábado, com tiros e explosões de grande impacto. Imperdível também é o Reino Encantado, uma mistura de mausoléu, museu, castelo de fadas, construção medieval, inacabado e absolutamente incrível, onde se pode apreciar registros de todos os tipos: livros, esculturas, quadros, objetos etc. Lá são maquiadas as damas que em seguida participam da Cavalhada, realizada no estádio de futebol, ao lado do Reino Encantado.

Na Cavalhada propriamente dita, que acontece também no sábado, duas equipes de cavaleiros - Azul e Encarnado - reproduzem jogos típicos da Idade Média, procurando acertar argolas penduradas com suas lanças durante a corrida, entre outros. Tudo isso ornamentado por rei, rainha, damas de honra, locução oficial, banda de pífanos e uma platéia que se divide na torcida pelas duas equipes.

O domingo começa cedo, antes mesmo do sol aparecer, quando os fogos de artifício são acionados e os primeiros cavaleiros começam a surgir na praça. Logo depois vem o padre, os cantadores e o aboiador. Com a música instalada e o dia nascendo, o público vai aparecendo aos poucos, até que uma grande multidão presencia a benção do padre aos cavaleiros, que então partem na famosa Cavalgada à Pedra do Reino, um percurso de cerca de 28 Km pelo meio do mato.

Depois, o encontro com o público se dá na Pedra do Reino, onde uma multidão aguarda a chegada dos cavaleiros uniformizados. Recebidos com grande festa, eles participam de uma pequena cerimônia no local, em frente à Pedra do Reino, e, exaustos, se confraternizam com o público e posam para fotografias com os visitantes. Depois, a diversão fica por conta das barracas de comidas e bebidas, e se estende pela noite adentro.

O evento mostra um Brasil genuíno, mesclado com elementos medievais incorporados pelo eterno Suassuna. O percurso, que se inicia em 1836, com um grande massacre de vidas humanas, prossegue com uma ficção inspirada nesse episódio e termina com uma celebração anual que reproduz passagens da literatura. Da vida à arte à vida. Fica a lição de que as interações são mútuas, complexas e, geralmente, surpreendentes.

Informações adicionais

  • Estado: Pernambuco
  • Cidade: São José do Belmonte
  • Cultura: Fé, Lendas, Museus, Música, Tradições
  • Turismo: Atrações Urbanas, Ecoturismo, Vida Noturna
Lido 1828 vezes Última modificação em Segunda, 05 Junho 2017 14:43
Mais nesta categoria: « Canudos Triunfo »

Filtros

    • Alagoas (5)
    • Bahia (45)
    • Ceará (1)
    • Pernambuco (34)
    • Piauí (3)
    Close 
    • Afrânio (2)
    • Belém de São Francisco (1)
    • Bodocó (1)
    • Cachoeira (1)
    • Campo Formoso (1)
    • Canudos (1)
    • Caracol (1)
    • Casa Nova (3)
    • Crato (1)
    • Curaçá (4)
    • Exú (1)
    • Floresta (1)
    • Jacobina (2)
    • Juazeiro (15)
    • Lagoa Grande (1)
    • Maragogipe (1)
    • Miguel Calmon (1)
    • Morro do Chapéu (5)
    • Orocó (1)
    • Parnamirim (1)
    • Paulo Afonso (1)
    • Petrolina (20)
    • Pindobaçú (3)
    • Piranhas (5)
    • Remanso (1)
    • Santa Maria da Boa Vista (2)
    • Saúde (1)
    • Senhor do Bonfim (1)
    • Serrita (1)
    • Sobradinho (3)
    • São José do Belmonte (1)
    • São Raimundo Nonato (2)
    • Triunfo (1)
    • Uauá (1)
    Close 
    • Artesanato (15)
    • Fé (27)
    • Lendas (9)
    • Museus (23)
    • Música (19)
    • Tradições (53)
    Close 
    • Atrações Urbanas (36)
    • Ecoturismo (67)
    • Enoturismo (3)
    • Gastronomia (21)
    • Vida Noturna (15)
    Close 
    • Close