Vapor Saldanha Marinho

Quinta, 29 Janeiro 2015 09:20 Escrito por 
Avalie este item
(5 votos)

v29012015001O que um vapor está fazendo atracado na orla de Juazeiro-BA? Eis uma pergunta recorrente para quem se depara pela primeira vez com aquela "máquina de alta pressão, sem expansão e condensação, inclinada à ação direta com quarenta rotações por minuto", como Francisco Manoel Álvares de Araújo descreve o vapor Saldanha Marinho: o Vaporzinho.

No dia 3 de fevereiro de 1871, Álvares de Araújo inaugurou a navegação a vapor nas águas do rio da Integração Nacional ao chegar à Vila de Guaicuí, onde o Rio das Velhas deságua no Velho Chico. De lá, prosseguiu sua histórica "viagem de exploração" à Januária, Carinhanha, Barra do Rio Grande, Xique-Xique, Pilão Arcado, Remanso, Juazeiro e Boa Vista. Em cada localidade, ele anotava aspectos da cultura ribeirinha que hoje oferecem subsídios para um melhor entendimento daquele período histórico. E assim, ficamos sabendo de sua disposição em desobstruir o São Francisco para que, unindo a navegação a vapor com as estradas de ferro, o centro do país finalmente se encontrasse com o litoral.

Toda esta história, fartamente narrada por Álvares de Araújo em seu relatório de viagem, sempre foi aceita pela historiografia como prova inconteste dos primeiros anos da navegação a vapor. A controversa fica por conta do período anterior ao encontro do Vaporzinho com as água do Velho Chico.

Wilson Dias, em seu livro "O Velho Chico: sua vida, suas lendas e sua história", afirma que "o gaiola Saldanha Marinho foi construído na América do Norte, onde navegou por longos anos no rio Mississipi, depois foi conduzido para o rio Amazonas, e em seguida foi desarmado e transportado em carretas puxadas a boi até os terminais ferroviários: ora em cima de trem de ferro, ora em cima de carros de boi, até chegar a Sabará (MG), presumivelmente em 1852". No entanto, o livro mais completo sobre a história da navegação nas águas do Rio São Francisco, "Navegação do Rio São Francisco", de Fernando da Matta Machado, não faz qualquer referência à América do Norte. Mas antes, atribui a construção do vapor ao contrato firmado entre o presidente de Minas Gerais, Joaquim Saldanha Marinho, e Henrique Dumont, pai de Alberto Santos Dumont.

Em Juazeiro (BA), içado a terra em fevereiro de 1971, exatamente no centenário do início da navegação a vapor, o Saldanha Marinho foi desmontado e transferido da Orla 1 para a Orla 2 na manhã do dia 17 de junho de 2007, sendo o primeiro objeto de memórias do almejado e tão requisitado Memorial da Navegação. O cenário, à beira do rio e com visão privilegiada dos arcos da ponte, é deslumbrante e pode proporcionar finais de tarde daqueles que ficam guardados na memória. Para quem supera a surpresa de encontrar um corpo metálico descansando em terra firme e adentra as dependências do vaporzinho, sempre há a possibilidade de sair do lugar, no tempo e no espaço.

Informações adicionais

  • Estado: Bahia
  • Cidade: Juazeiro
  • Cultura: Museus, Tradições
  • Turismo: Atrações Urbanas, Vida Noturna
Lido 1764 vezes Última modificação em Terça, 10 Fevereiro 2015 14:48

Filtros

    • Alagoas (5)
    • Bahia (54)
    • Ceará (1)
    • Pernambuco (50)
    • Piauí (3)
    Close 
    • Afrânio (2)
    • Belém de São Francisco (1)
    • Bodocó (1)
    • Buíque (1)
    • Cabrobó (1)
    • Cachoeira (1)
    • Campo Formoso (2)
    • Canudos (1)
    • Caracol (1)
    • Casa Nova (4)
    • Crato (1)
    • Curaçá (4)
    • Exú (1)
    • Floresta (1)
    • Jacobina (2)
    • Juazeiro (21)
    • Lagoa Grande (1)
    • Maragogipe (1)
    • Miguel Calmon (1)
    • Morro do Chapéu (5)
    • Orocó (1)
    • Parnamirim (1)
    • Paulo Afonso (1)
    • Petrolina (25)
    • Pindobaçú (3)
    • Piranhas (5)
    • Remanso (1)
    • Santa Maria da Boa Vista (2)
    • Saúde (1)
    • Senhor do Bonfim (1)
    • Serrita (1)
    • Sobradinho (4)
    • São José do Belmonte (1)
    • São Raimundo Nonato (2)
    • Triunfo (9)
    • Uauá (1)
    • Venturosa (1)
    Close 
    • Artesanato (19)
    • Fé (35)
    • Lendas (14)
    • Museus (30)
    • Música (24)
    • Tradições (69)
    Close 
    • Atrações Urbanas (49)
    • Ecoturismo (82)
    • Enoturismo (6)
    • Gastronomia (26)
    • Vida Noturna (18)
    Close 
    • Close