Petrolina

Sábado, 21 Outubro 2017 13:34 Escrito por 
Avalie este item
(1 Voto)

petr211017001Petrolina é o município mais importante do sertão pernambucano e um dos mais importantes de todo o estado de Pernambuco. Originalmente parte integrante do município de Santa Maria da Boa Vista (PE), o processo de separação teve início em 1862 e foi concluído apenas em 1895, quando foi elevado à categoria de cidade.

O seu surgimento foi decorrência do comércio que se formava em torno das pessoas e mercadorias que, em Pernambuco, aguardavam pela travessia do Rio São Francisco com destino a Juazeiro, na Bahia. Por isso, Petrolina (PE) era conhecida antigamente apenas como "Passagem para Juazeiro".

Distante 780km de Recife (PE) e 500km de Salvador (BA), Petrolina (PE) ocupa uma posição de destaque no sertão e, em particular, na região conhecida como Vale do São Francisco. Também chamada de "Califórnia Sertaneja", "Capital do São Francisco" ou "Capital das Frutas", a cidade está localizada em plena caatinga e às margens do Rio São Francisco, que divide os estados de Pernambuco e Bahia. Do outro lado do rio está a cidade baiana de Juazeiro, considerada cidade-irmã de Petrolina uma vez que juntas formam um conglomerado urbano de mais de meio milhão de pessoas. A ligação entre as cidades é feita pela ponte Presidente Dutra, inaugurada em 1954 e por onde passa a BR-407 que liga o sul e sudeste ao norte e nordeste do país.

A origem do nome da cidade é controversa. Há os que dizem que ele deriva da contração dos nomes do imperador Dom Pedro II e da sua esposa Teresa Cristina, e outros que dizem que ele vem de "Pedra Linda", nome dado a uma pedra que ficava situada na margem do Rio São Francisco e que teria sido usada na construção da catedral da cidade.

O primeiro impulso ao desenvolvimento da cidade aconteceu em 1924, com a chegada do seu primeiro bispo, o italiano Dom Malan. Visionário, ele ordenou a construção de uma imponente catedral (quando a cidade tinha apenas 3.000 habitantes), da igreja matriz, do Palácio Diocesano e de escolas e hospitais que ainda hoje são referência na cidade e na região.

O segundo impulso veio na década de 1970, quando foram implantados os primeiros projetos de irrigação utilizando água do São Francisco. Desde então, Petrolina vem apresentando grande desenvolvimento econômico, com destaque para a fruticultura irrigada. Petrolina é, em 2017, a maior produtora de uvas do estado, a segunda maior produtora de uvas do país, a maior produtora de manga e goiaba do estado e a terceira maior produtora de banana de Pernambuco. A cidade é também o maior pólo exportador de frutas tropicais do Brasil, sendo que o principal destino da sua produção é o mercado europeu.

Segundo dados do IBGE, em 2017 Petrolina possui cerca de 343.000 habitantes, é o 5º município em população do estado (atrás apenas de Recife, Jaboatão dos Guararapes, Olinda e Caruaru), o 6º maior PIB do estado e o 174º maior PIB do país.

Petrolina (PE) é uma cidade que oferece muitas possibilidades de negócios e de turismo. Ela conta com um aeroporto com vôos diários e diretos para várias capitais do país, centro de convenções, shopping center e uma ampla rede de hotéis, bares e restaurantes. Além disso, nela está instalada uma universidade federal, uma estadual, uma municipal e várias faculdades particulares que oferecem dezenas de cursos de graduação e pós-graduação.

Do ponto de vista turístico, além de oferecer uma vasta gama de opções locais, Petrolina (PE), em função da sua estrutura aeroportuária e hoteleira, também cumpre um importante papel como porta de acesso para uma gama ainda maior de atrações no interior de Pernambuco, no norte da Bahia, no sul do Ceará e no Piauí. Entre as principais atrações urbanas de Petrolina destacam-se os restaurantes de comida típica do Bodódromo, o ateliê da Ana das Carrancas, o Museu do Sertão, a Oficina de Artesanato do Mestre Quincas, o Parque Zôo-Botânico da Caatinga, a catedral, a igreja Matriz e a sua orla. Na zona rural destacam-se o balneário de Pedrinhas, o Serrote do Urubu e as ilhas do Fogo, da Amélia, do Rodeadouro e do Massangano.

Por todos esses motivos, Petrolina (PE) é, simultaneamente, uma atração que vale a pena ser conhecida por si só, e também um importante acesso e ponto de apoio para quem deseja visitar e usufruir de tantos outros pontos de interesse histórico, cultural, social e turístico que podem ser encontrados num raio de 400km. Para conhecer um pouco mais de cada uma das atrações aqui citadas, além de muitas outras, utilize o Viva o Sertão para as suas pesquisas e prepare-se para uma experiência única, inesquecível e, acima de tudo, muito sertaneja, nordestina e brasileira.

Informações adicionais

  • Estado: Pernambuco
  • Cidade: Petrolina
  • Cultura: Artesanato, Fé, Lendas, Museus, Música, Tradições
  • Turismo: Atrações Urbanas, Ecoturismo, Enoturismo, Gastronomia, Vida Noturna
Lido 125 vezes Última modificação em Sábado, 21 Outubro 2017 14:03

Filtros

    • Alagoas (5)
    • Bahia (49)
    • Ceará (1)
    • Pernambuco (43)
    • Piauí (3)
    Close 
    • Afrânio (2)
    • Belém de São Francisco (1)
    • Bodocó (1)
    • Cachoeira (1)
    • Campo Formoso (2)
    • Canudos (1)
    • Caracol (1)
    • Casa Nova (3)
    • Crato (1)
    • Curaçá (4)
    • Exú (1)
    • Floresta (1)
    • Jacobina (2)
    • Juazeiro (17)
    • Lagoa Grande (1)
    • Maragogipe (1)
    • Miguel Calmon (1)
    • Morro do Chapéu (5)
    • Orocó (1)
    • Parnamirim (1)
    • Paulo Afonso (1)
    • Petrolina (21)
    • Pindobaçú (3)
    • Piranhas (5)
    • Remanso (1)
    • Santa Maria da Boa Vista (2)
    • Saúde (1)
    • Senhor do Bonfim (1)
    • Serrita (1)
    • Sobradinho (4)
    • São José do Belmonte (1)
    • São Raimundo Nonato (2)
    • Triunfo (9)
    • Uauá (1)
    Close 
    • Artesanato (18)
    • Fé (32)
    • Lendas (13)
    • Museus (29)
    • Música (22)
    • Tradições (62)
    Close 
    • Atrações Urbanas (43)
    • Ecoturismo (76)
    • Enoturismo (5)
    • Gastronomia (24)
    • Vida Noturna (17)
    Close 
    • Close